domingo, 19 de outubro de 2014

Educação pela Arte ou Arte sem Educação?



Pensar que a pintura de uma criança pode ser corrigida é um erro. A correção existe, sim… mas processa-se no interior da criança, de acordo com a sua exigência pessoal. 


Orientar o trabalho artístico de uma criança é limitar a sua criatividade


É difícil acreditar que Pablo Picasso, Miró ou Van Gogh enquanto pintavam, tinham ao seu lado um idiota a dizer “a relva é verde, o céu é azul e o sol é amarelo”. 

É difícil acreditar que Salvador Dali, Amadeo de Souza Cardoso ou Paul Cézanne tinham ao seu lado o idiota anterior a dizer "desenha um casa. Agora faz um carro. Não te esqueças de fazer uma árvore!". 

É difícil acreditar que Paul Klee, Henri Matisse ou Wassily Kandnsky, para aprenderem realmente a pintar, tenham sentido a necessidade de colorir desenhos de casas, de carros e ursinhos, sempre com as mesmas cores, os mesmos lápis, as mesmas texturas...


É difícil acreditar que a Educação pela Arte é muitas vezes desvalorizada na Educação de Infância. 




Um Educador de Infância!
Fábio Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário